Arquivos Mundo — Brumado VerdadeBrumado Verdade Arquivos Mundo — Brumado Verdade
MENU
Seja Bem-vindo! Hoje é Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
Publicidade:
Publicidade:

Acessar
BLOG antigo


Nosso Whatsapp
77 99837-3618

Casal é preso por manter 13 filhos acorrentados nos EUA

16 janeiro 2018 | 0:23

Polícia foi alertada por uma das filhas que conseguiu escapar; autoridades confundiram filhos de até 29 anos com crianças, por causa da desnutrição. Foto: Divulgação

Uma mulher e um homem foram presos na noite desta segunda-feira (15) em Perris, na Califórnia, suspeitos de manterem os 13 filhos, com idades entre 2 e 29 anos, acorrentados, famintos e imersos na sujeira na casa dos pais. Louise Anna Turpin e David Allen Turpin foram presos depois que uma das filhas do casal, uma jovem de 17 anos, fugiu da casa no domingo (14) e chamou a polícia. A adolescente telefonou para o serviço de emergência 911 de um celular que encontrou na residência. A adolescente, que estava “magérrima” e parecia ter apenas dez anos, segundo a polícia, “afirmou que seus doze irmãos e irmãs eram mantidos em cativeiro na casa por seus pais, detalhando que alguns estavam acorrentados”. Ainda não se sabe por quanto tempo os filhos foram mantidos em cativeiro. A princípio, a polícia pensou que se tratava de 12 menores, “desnutridos e muito sujos”, mas depois percebeu que havia sete adultos, com idades entre 18 e 29 anos. Seis das 13 vítimas (incluindo a adolescente que fugiu) eram menores, e a mais nova tinha apenas dois anos. As autoridades fixaram uma fiança de US$ 9 milhões para os pais, denunciados por tortura, cárcere privado e por colocar os filhos em risco. Interrogados pela polícia, os pais não puderam “dar qualquer explicação razoável sobre por que motivo mantinham os filhos acorrentados”. As vítimas foram alimentadas e estão recebendo tratamento, enquanto os serviços de defesa da infância abriram uma investigação. Não há informações sobre o estado de saúde dos filhos do casal.

Tags:

Trump nega ter chamado Haiti e El Salvador de ‘buracos de merda’ após acusação de jornal

12 janeiro 2018 | 22:31

Foto: Shealah Craighead / White House

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, negou ter chamado o Haiti, El Salvador e países africanos de “buracos de merda” durante uma reunião nesta quinta-feira (11). Uma reportagem do jornal Washington Post revelou que as ofensas teriam acontecido durante uma discussão sobre imigração, depois que legisladores da Casa Branca citaram o nome dos países. “Por que estão vindo pra cá todas essas pessoas de países que são um buraco de merda?”, teria dito o presidente. Ainda segundo o Washington Post, Trump então sugeriu que os Estados Unidos deveriam trazer mais pessoas de países como a Noruega. Ao discutir um acordo para proteger imigrantes, Trump teria sinalizado ainda que haitianos não deveriam ser incluídos. “Por que precisamos de mais haitianos? Tirem eles”, reforçou. Por meio do Twitter, Trump admitiu ter usado uma linguagem “dura” durante o evento, mas negou ter feito as ofensas. “A linguagem usada por mim no DACA foi dura, mas não foi a linguagem que eu usei”, publicou o presidente, em referência à Ação Diferida para os Chegados na Infância (DACA, na sigla em inglês). Ele também disse ter “uma ótima relação com os haitianos”.

Tags:

Coreia do Norte reabre linha de comunicação com a Coreia do Sul após dois anos

3 janeiro 2018 | 22:31

Foto: Divulgação

A Coreia do Norte reabriu nesta quarta-feira (03) uma linha de comunicação com a Coreia do Sul que estava fechada há dois anos. O canal direto localizado em Panmunjom, na fronteira entre os dois países, existe desde 1972, mas foi fechado e aberto diversas vezes desde então. “A conversa telefônica durou 20 minutos”, declarou um funcionário do ministério da Unificação da Coreia do Sul, sem dar detalhes sobre o conteúdo da conversa. O líder norte-coreano Kim Jong-un ordenou nesta quarta a reabertura da linha. Em seu discurso de Ano Novo, ele ameaçou os Estados Unidos dizendo ter um “botão nuclear” na mesa do seu escritório, mas pediu diálogo com o vizinho do sul. Nesta terça, a Coreia do Sul sugeriu uma conversa entre autoridades dos dois governos em Panmunjom, onde também foi assinado o acordo de cessar-fogo após a Guerra da Coreia. Entre os temas do encontro estariam a relação entre os dois países e a participação da Coreia do Norte nos Jogos Olímpicos de Inverno, que acontecem em fevereiro na cidade de Pyeongchang, na Coreia do Sul.

Menina russa é considerada a criança mais bonita do mundo

11 dezembro 2017 | 7:09

Com apenas 6 anos, Anastasiya Knyazeva parece não se importar muito com a notícia. Foto: Divulgação

A mídia britânica batizou a menina russa Anastasiya Knyazeva como a criança mais bonita do mundo. Com apenas seis anos de idade, ela já trabalha como modelo. Anastasiya possui uma conta no Instagram, onde a mãe dela publica fotos tiradas durante sessões fotográficas profissionais, bem como no dia a dia da criança. A ‘Sputnik China’ entrevistou a mãe da modelo mirim, Anna Knyazeva, que contou como a filha reagiu ao saber que foi considerada criança mais linda do mundo: “Ela gosta de chamar atenção e das câmeras desde muito pequena. Sempre disseram que ela deveria seguir carreira de modelo. Enviamos uma foto dela para uma agência famosa e, em seguida, fomos chamadas para a primeira sessão fotográfica profissional. No momento atual, estamos recebendo propostas para trabalhar em diferentes partes do mundo”, contou a mãe da modelo mirim.

Leia mais »

Tags:

EUA: Para Democrata, obstrução de justiça contra Trump começa a tomar corpo

3 dezembro 2017 | 22:14

Foto: Reprodução/CNN

A líder do Partido Democrata no Comitê Judiciário do Senado afirma que o grupo começa a ver “a concretização do caso de obstrução da justiça” contra o presidente Donald Trump. Em entrevista à rede de TV NBC, a Democrata da Califórnia, Dianne Feinstein, disse que a evidência vem em parte dos “tweets contínuos” da Casa Branca. Trump está concentrando ataques renovados contra o FBI e sobre a investigação do conselheiro especial Robert Mueller, dois dias depois que o conselheiro de segurança nacional Michael Flynn concordou em cooperar com a investigação como parte de um acordo de delação premiada. Feinstein disse que acredita que a demissão do diretor do FBI, James Comey, veio “diretamente porque ele não concordou com a paralisação da investigação na Rússia”. Ela acrescentou: “Isso é obstrução da justiça”. A senadora republicana Lindsey Graham tem alertado Trump para seguir com cautela. Em entrevista à CBS, ela disse que os comentários do presidente sobre investigações criminais em andamento são arriscados para ele mesmo.

Youtube apaga mais de 150 mil vídeos por pedofilia

30 novembro 2017 | 6:39

Foto: Reprodução

O YouTube apagou 270 contas e comentários em mais de 625 mil vídeos que eram de pedófilos. A plataforma confirmou que, ao todo, 150 mil vídeos que eram acessados e comentados por essas contas também foram deletados. O maior portal de vídeos da internet ainda removeu conteúdos publicitários de dois milhões de vídeos e 50 mil canais que lucraram com material perturbador. “Os conteúdos que põem em perigo as crianças é abominável e inaceitável para nós”, disse o YouTube para a Vice. A discussão sobre o assunto tomou força no último mês, quando usuários do site declararam similaridades entre conteúdo infantis e vídeos feitos por pedófilos que mascaram o material violento. Muitas marcas excluíram diversas propagandas em que sexualizavam crianças no YouTube após queixas públicas.

Tags:

Após 37 anos de ditadura, presidente do Zimbábue renuncia ao cargo

22 novembro 2017 | 0:25

Foto: Reprodução

Após comandar uma ditadura que durou 37 anos no Zimbábue, o presidente Robert Mugabe apresentou, nesta terça-feira (21), sua renúncia ao cargo através de uma carta enviada ao Parlamento. “Eu, Robert Mugabe, venho aqui apresentar formalmente minha renúncia como presidente do Zimbábue com efeito imediato”, diz o documento. De acordo com a Folha de S. Paulo, o Parlamento já havia marcado uma sessão para aprovar o impeachment do presidente, e Mugabe se antecipou. Ainda de acordo com a Folha, o presidente do Parlamento, Jacob Mudenda, anunciar a renúncia do ditador e em seguida ele cancelou o processo de impeachment. Mudenda afirmou que o Parlamento agora vai concluir o procedimento legal necessário para a transição do poder e disse esperar que o novo governo assuma o país até a quarta (22). Existe a possibilidade e expectativa de que o ex-vice-presidente Emmerson Mnangagwa.

Atirador invade igreja e mata pelo menos 27 pessoas no Texas, nos Estados Unidos

5 novembro 2017 | 20:37

Foto: Divulgação

Pelo menos 27 pessoas foram mortas e 24 estão feridas com um tiroteio nos Estados Unidos neste domingo (5). Dessa vez, o crime ocorreu em uma Igreja Batista na cidade de Sutherland Springs, no Texas. Segundo informações do G1, a CNN informou que o atirador foi morto após uma breve perseguição policial nas proximidades do lugar do atentado. No entanto, o porta-voz da polícia local, Robert Murphy, não informou se ele foi morto pela corporação ou se cometeu suicídio. Uma testemunha ouvida pela KSAT, afiliada da rede ABC na cidade, relatou que o homem entrou na Igreja e abriu fogo por volta das 11h30 do horário local, que seria 14h30 pelo horário de Salvador. Em viagem no Japão, o presidente Donald Trump desejou, através do Twitter, “que Deus esteja com as pessoas de Sutherland Springs”. Até o momento, não informações de que o crime se trata de mais um atentado terrorista. Mas em menos de uma semana, é o terceiro ataque nos Estados Unidos. Na última terça (31), um homem matou oito pessoas atropeladas em Nova York e, na quinta (2), outro homem matou três pessoas em um supermercado, no Colorado.

Tags:

No Twitter, Trump defende pena de morte para suposto autor de ataque em NY

2 novembro 2017 | 16:16

Foto: Divulgação

O presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu nesta madrugada que o suposto autor do ataque terrorista lançado em Nova York na última terça-feira (31) seja condenado à pena de morte. Na ocasião, um homem em um caminhão atropelou uma multidão na região sul de Manhattan, causando a morte de oito pessoas e deixando outras doze gravemente feridas. O suspeito, o imigrante usbeque Sayfullo Saipov, foi detido depois de ter sido baleado no abdômen por um policial. Em mensagem no Twitter, Trump comentou que o “terrorista de Nova York” estava feliz quando pediu para pendurar a bandeira do grupo militante Estado Islâmico no quarto do hospital em que está internado. “Ele deveria receber a pena de morte”, afirmou o presidente.

Desmoronamento após teste nuclear da Coreia do Norte deixou 200 mortos, diz TV

31 outubro 2017 | 14:34

Foto: Divulgação

Um desmoronamento causado no último teste nuclear realizado em Punggye-ri, na Coreia do Norte, teria deixado 200 mortos no dia 3 de setembro. A suspeita foi levantada nesta terça-feira (31) pela emissora de TV japonesa Asahi, citando fontes norte-coreanas. O acidente aconteceu em um túnel, quatro dias depois da detonação, que foi a sexta realizada no local, e a mais forte executada pelo país. O primeiro desabamento teria atingido 100 trabalhadores do túnel, que havia sido escavado recentemente. Durante as operações de resgate, um novo desmoronamento aumentou o número de vítimas para ao menos 200 pessoas. A explosão causou, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, um terremoto de 6.3 de magnitude, seguido de outro tremor de 4,1. 

Página 1 de 912...Última »