Arquivos Mundo — Brumado VerdadeBrumado Verdade Arquivos Mundo — Brumado Verdade
MENU
Seja Bem-vindo! Hoje é Terça, 17 de Outubro de 2017
Publicidade:
Publicidade:

Acessar
BLOG antigo


Nosso Whatsapp
77 99837-3618

Coreia do Norte prepara novo lançamento de míssil que poderia atingir EUA

6 outubro 2017 | 17:03

Foto: Divulgação

A Coreia do Norte está se preparando para testar um míssil de longo alcance “num futuro muito próximo”, afirmou o legislador Anton Morozov, do Partido Liberal-Democrático da Rússia à agência russa RIA Novosti. Ele fez parte de uma comitiva que visitou esta semana Pyongyang, onde teria visto cálculos que indicavam que os mísseis norte-coreanos poderiam chegar à costa oeste dos Estados Unidos. Segundo Morozov, seus interlocutores lhe disseram que Pyongyang tem a tecnologia que permitiria que os mísseis resistissem aos obstáculos atmosféricos. Ele teriam apresentado “cálculos matemáticos que provariam que o míssil é capaz de atingir a Costa Oeste dos EUA”. 

Las Vegas: O atirador Paddock tinha 23 armas no quarto do hotel usado como base para ataque

3 outubro 2017 | 11:22

Foto: Divulgação

O atirador Stephen Paddock, responsável pela morte de 59 pessoas e por deixar mais de 500 feridos, tinha 23 armas no quarto onde se hospedou no hotel Mandalay Bay para abrir fogo contra a plateia de um festival de música country. A polícia ainda localizou outras 19 armas na casa de Paddock, em Mesquite, a 130 quilômetros de Las Vegas. O atirador também possuía dois dispositivos que faziam com que armas semiautomáticas abrissem fogo sozinhas. De acordo com o G1, foram encontrados vários quilos de nitrato de amônio, material usado para fabricação de explosivos. Paddock tinha 64 anos, era contador aposentado e não possuía histórico criminal. Ele morreu logo depois de ter iniciado o tiroteio das janelas do quarto do hotel Mandalay Bay, famoso cassino e resort de Las Vegas. Ele começou a atirar por volta das 22h no horário local (1h desta segunda-feira, no horário de Brasília), na direção do Route 91 Harvest Festival. Pelo menos 22 mil pessoas estavam no local. A ação é considerada o maior ataque a tiros da história dos Estados Unidos.

Tags:

China pede que EUA e Coreia do Norte ‘parem de jogar gasolina no fogo’

25 setembro 2017 | 22:45

Força aérea americana sobrevoa península coreana | Foto: Steven Schneider

O governo chinês pediu nesta segunda-feira (25) que Estados Unidos e Coreia do Norte evitem o aumento da tensão entre eles. Segundo a agência Télam, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Lu Kang, afirmou que os países precisam “parar de jogar gasolina no fogo”. Nos últimos dias, o presidente americano, Donald Trump, vem trocando críticas com o governo de Pyongyang. Nesta segunda, o ministro de Relações Exteriores da Coreia do Norte sugeriu que os EUA já declararam guerra ao país. “Ambos os lados devem abster-se de aumentar as tensões com suas palavras e ações, não se provocando, mantendo a calma e não provocando emoções, mas procurando uma saída para o problema”, disse o porta-voz chinês.

Tags:

Venezuela e Coreia do Norte são incluídas em novo decreto restritivo dos Estados Unidos

25 setembro 2017 | 11:01

Foto: Divulgação

O veto migratório imposto pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi substituído por um decreto com restrições a oito nações, neste domingo (24). Os países afetados com a nova medida, que deve entrar em vigor a partir de 18 de outubro, são Irã, Líbia, Síria, Iêmen, Somália, Cade, Coreia do Norte e Venezuela. Segundo informações da Agência EFE, o governo estadunidense defende que o objetivo é “melhorar a capacidade e os processos de vigilância para detectar a tentativa de entrada nos Estados Unidos de terroristas ou novas ameaças à segurança pública”. O primeiro veto seria tema de uma audiência para discutir sua legalidade no dia 10 de outubro, no entanto, desde o final de junho, ele estava parcialmente em vigor. Nesse caso, a medida impedia a entrada de refugiados por 120 dias e de cidadãos de seis países muçulmanos (Irão, Somália, Sudão, Síria, Iêmen e Líbia) por 90 dias. “Portanto, se somam à lista Chade, Coreia do Norte e Venezuela, saindo dela o Sudão devido a seu melhor nível de cooperação com as autoridades americanas”, explicaram os representantes do governo, acrescentando que as restrições são de importância “vital” para a segurança do país. “A Venezuela foi incluída porque seu governo não coopera em checar se seus cidadãos representam ameaça para a segurança nacional ou para a segurança pública”, diz nota emitida pelo governo Trump. Este segundo texto também deixou de fora o Iraque e modificou a provisão sobre os refugiados sírios.

Tags:

Coreia do Norte avalia testar bomba de hidrogênio no Pacífico

22 setembro 2017 | 13:09

Foto: Agencia DPRK News

A Coreia do Norte avalia realizar um teste da bomba de hidrogênio sobre o Oceano Pacífico em resposta às ameaças de ação militar feitas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump – ele declarou que poderia “destruir completamente” o país asiático. O alerta foi dado pelo Ministro de Relações Exteriores do país, Ri Yong Ho, em entrevista a jornalistas realizada em Nova York, após um pronunciamento do presidente norte-coreano Kim Jong Un, que disse que Trump está “mentalmente perturbado”. Na declaração televisiva, Kim Jong Un disse que Trump poderia “pagar muito caro” pelas ameaças e que a Coreia “considera com seriedade uma retribuição, no nível mais alto já visto na história do sistema de contramedida”. 

Tags:

Número de mortos devido a terremoto no México sobe para 104

19 setembro 2017 | 22:04

Foto: Divulgação

O número de mortos devido a um terremoto de magnitude 7,1 que atingiu o centro do México aumentou para 104 na noite desta terça-feira (19). O prefeito da Cidade do México, Miguel Angel Mancera, afirmou que pelo menos 30 pessoas morreram na capital, enquanto funcionários do Estado de Morelos disseram que 54 morreram por lá. Ao menos outras 11 pessoas morreram no Estado do Puebla, de acordo com o porta-voz do Departamento de Interior do Estado, Francisco Sanchez. Já o governador do Estado de México, Alfredo del Mazo, disse que pelo menos nove pessoas morreram por lá. O Serviço Geológico dos Estados Unidos afirmou que o terremoto, cujo epicentro foi próximo à cidade de Raboso, cerca de 123 quilômetros a sudeste da Cidade do México.

Tags:

Em discurso na ONU, Donald Trump ameaça ‘destruir totalmente’ a Coreia do Norte

19 setembro 2017 | 20:14

Foto: Divulgação

O presidente americano Donald Trump ameaçou “destruir totalmente” a Coreia do Norte, caso tenha que defender os Estados Unidos ou seus aliados. A declaração foi dada durante seu primeiro discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, nesta terça-feira (19). Trump ironizou o líder norte-coreano Kim Jong-un e se referiu a ele como um “homem-foguete em uma missão suicida”, em referência aos recorrentes lançamentos de mísseis feitos pelo governo de Pyongyang na região do Oceano Pacífico. “Os Estados Unidos têm grande força e paciência, mas se forem forçados a defender a si ou a seus aliados, não teremos outra escolha além de destruir totalmente a coreia do Norte”, disse o presidente americano. Embaixador da Coreia do Norte para ONU, Ja Song Nam, deixou a assembleia antes mesmo do início do discurso. Durante sua fala, Trump reforçou que o país asiático é uma ameaça para o mundo e pediu mais enfrentamento contra o governo de Kin Jong-Un. “É hora de as nações trabalhem juntas para isolar o regime de Kim até que ele cesse seu comportamento hostil”, declarou.

Embaixadora dos EUA diz que ONU esgotou opções sobre Coreia do Norte

18 setembro 2017 | 0:20

Foto: Divulgação

Para a embaixadora dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas (ONU), Nikki Haley, o Conselho de Segurança da ONU já não tem mais o que fazer diante do avanço do programa nuclear da Coreia do Norte. Ela afirmou ao State of the Union, da CCN, que os EUA podem ter que deixar o assunto nas mãos do Pentágono. “Nós esgotamos todas as coisas que poderíamos fazer no Conselho de Segurança neste momento”, ressaltou, acrescentando que se sente perfeitamente feliz em repassar o problema para o secretário de Defesa, James Mattis. “Estamos tentando todas as outras possibilidades que temos, mas há muitas opções militares na mesa”, adiantou, segundo informações do G1. Por outro lado, o líder norte-coreano Kim Jong Un afirmou, no sábado (16), que o projeto do país de desenvolver sua força nuclear “está quase concluído”. “Nosso objetivo é estabelecer o equilíbrio da força real com os EUA e fazer com que os governantes norte-americanos não se atrevam a falar sobre uma opção militar”, explicou Kim Jong Un. O último teste da Coreia do Norte foi feito na sexta (15) com o lançamento de um míssil que sobrevoou o Japão e caiu no Oceano Pacífico.

Tags:

Coreia do Norte ameaça ‘afundar’ Japão com arma nuclear e reduzir EUA a ‘cinzas’

14 setembro 2017 | 7:03

Foto: Divulgação

Um órgão estatal da Coreia do Norte ameaçou nesta quinta-feira (14) usar bombas nucleares para “afundar” o Japão e reduzir os EUA a “cinzas e escuridão”, em reação à decisão do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), na última segunda-feira, de aprovar novas sanções contra Pyongyang (entenda). As sanções, aprovadas por unanimidade, vieram após o regime norte-coreano ter realizado seu sexto e maior teste nuclear, no dia 3. O Comitê norte-coreano para a Paz da Ásia-Pacífico, que lida com assuntos externos de Pyongyang, também defendeu o desmantelamento do Conselho de Segurança e o descreveu como “ferramenta do mal”, segundo comunicado divulgado pela agência de notícias norte-coreana KCNA. 

Tags:

Maior terremoto já registrado no México deixa pelo menos 58 mortos

9 setembro 2017 | 0:42

Foto: Reprodução

O terremoto de magnitude 8,2 que atingiu o México nesta sexta-feira (8) deixou pelo menos 58 mortos. O serviço sismológico nacional aponta que o tremor é o mais forte já registrado na história do país. De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o epicentro aconteceu no Oceano Pacífico, 87 quilômetros ao sudoeste do estado de Chiapas, um dos dois mais afetados ao lado de Oaxaca. O terremoto danificou prédios gravemente e provocou o desabamento de casas. Um alerta de terremoto foi emitido para o México, assim como para países vizinhos, como Guatemala, Costa Rica e El Salvador. Pelas redes sociais, o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, lamentou o desastre e agradeceu pelas mensagens de apoio e solidariedade transmitidas por líderes de outros países.

Tags:
Página 1 de 812...Última »

Enquete

  • Você acredita na honestidade de seu prefeito?

    Veja o Resultado

    Carregando ... Carregando ...