Job Brandão era usado por Lúcio até como testemunha em assuntos empresariais — Brumado VerdadeBrumado Verdade Job Brandão era usado por Lúcio até como testemunha em assuntos empresariais — Brumado Verdade
MENU
Seja Bem-vindo! Hoje é Domingo, 21 de Janeiro de 2018
Publicidade:
Publicidade:

Acessar
BLOG antigo


Nosso Whatsapp
77 99837-3618

Job Brandão era usado por Lúcio até como testemunha em assuntos empresariais

11 dezembro 2017 | 16:35

Foto: Lúcio Bernardo Jr

Além de contador de dinheiro, como relatou em depoimento à Polícia Federal, Job Brandão, ex-assessor parlamentar do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), era uma espécie de faz-tudo para a família do ex-ministro Geddel Vieira Lima. De acordo com informações da coluna Expresso, da revista Época, ele assinava como testemunha de atos de constituição ou alteração contratual de empresas ligadas aos peemedebistas. Job foi alvo da Operação Tesouro Perdido após a PF identificar as digitais dele em cédulas do bunker com R$ 51 milhões, localizado em um apartamento de Salvador. O ex-assessor tenta selar acordo de delação premiada para contar tudo o que sabe sobre possíveis crimes envolvendo a família Vieira Lima. Até o momento, Job já revelou que o dinheiro era contado na casa da mãe de Geddel, Marluce Vieira, que destruiu documentos a mando do ex-ministro e que dava 80% do salário a ele e familiares.